Beja: Autarquia assinou protocolo para integrar rede de apoio ao autocaravanismo.

Oito concelhos do distrito, entre eles Beja, vão integrar rede de apoio ao autocaravanismo do Alentejo. Em Beja a intervenção no Parque de Campismo será os 325 e os 350 mil euros.

Uma rede de apoio ao autocaravanismo, constituída por 39 estações de serviço localizadas em 27 concelhos do Alentejo e do Ribatejo, vai começar a “nascer” este ano, fruto de um investimento de cinco milhões de euros.

O projeto, que envolve a criação e requalificação de 39 estações de serviço, tem um prazo de execução de 17 meses e envolve um investimento global de cinco milhões de euros, dos quais cerca de 2,1 milhões de euros são comparticipados pelo Turismo de Portugal.

Do distrito de Beja, a rede integra os municípios de  Almodôvar, Alvito, Beja, Ferreira do Alentejo, Mértola, Moura, Odemira e Serpa.

Segundo o Município de Beja foi assinado o Protocolo com a Turismo de Portugal para integrar a futura Rede de Autocaravanismo do Alentejo que reúne mais 27 municípios do território.

A Câmara Municipal Beja está a ultimar o projeto que, depois de lançado o concurso de empreitada e de ser adjudicada a obra, irá permitir a instalação, com todas as condições, de duas dezenas de autocaravanistas no Parque de Campismo que, por sua vez, será também alvo de mais dois melhoramentos na intervenção: uma ao nível da entrada/recepção do equipamento e outra no muro circundante.

A intervenção projetada representa um investimento na ordem dos € 325.000,00/€ 350.000,00 e o apoio é de € 91.000,00.

Os outros municípios que vão integrar a rede são: Alandroal, Almeirim, Alter do Chão, Avis, Borba, Cartaxo, Castelo de Vide, Coruche, Crato, Gavião, Grândola, Monforte, Mourão, Ponte de Sor, Portalegre, Rio Maior, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On
970x90_logo