Aljustrel: Prisão preventiva para suspeito de tráfico de droga e furto qualificado.

Investigado há quatro meses por furto em residência, o suspeito deixou Aljustrel. Militares do NIC da GNR localizaram-no no concelho e detiveram-no. Ficou em preventiva, também por tráfico de estupefacientes.

Ficou em prisão preventiva o indivíduo de 26 anos, detido na sexta-feira, em Aljustrel, por militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR, pela prática dos crimes de tráfico de produtos estupefacientes, condução sem habilitação legal, furto qualificado, praticados naquele concelho.

O suspeito, com residência na vila alentejana, há quatro meses que estava a ser investigado pela prática de crimes de furto em interior de residência, mas tinha-se ausentado da localidade. Os militares do NIC, localizaram o indivíduo em Aljustrel e numa operação que contou com o apoio do Posto Territorial da vila e do Destacamento de Intervenção de Beja, levaram a cabo a detenção, sem o suspeito ter oferecido resistência, tendo na sua posse 50 doses de haxixe, uma faca e várias notas de países estrangeiros.

Já com antecedentes criminais pela prática dos crimes de furto e tráfico de estupefacientes, foi presente a um juiz no Tribunal de Beja, que lhe aplicou a medida de ação de prisão preventiva, tendo recolhido ao Estabelecimento Prisional de Beja, onde vai aguardar julgamento.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On